8 de maio de 2021

Astrônomos usam ondas de rádio para descobrir uma anã marrom

Anãs marrons são consideradas pela ciência como um projeto de estrela que não deu certo. Um elo perdido entre planetas gigantes como Júpiter e estrelas pequenas, elas não têm massa suficiente para iniciar a fusão do hidrogênio em seu núcleo. Mesmo mais...

Anãs marrons são consideradas pela ciência como um projeto de estrela que não deu certo. Um elo perdido entre planetas gigantes como Júpiter e estrelas pequenas, elas não têm massa suficiente para iniciar a fusão do hidrogênio em seu núcleo. Mesmo mais quentes e massivas que planetas, por causa da sua baixa luminosidade encontrá-las sempre foi um trabalho para astrônomos caçadores que usam o infravermelho – até agora: astrônomos do Instituto de Astronomia do Havaí (IfA) e do Instituto Holandês para Radioastronomia (ASTRON) encontraram uma usando observações de rádio.

Designada BDR J1750 + 3809, essa estrela anã marrom apelidada de Elegast pelos pesquisadores que a descobriram foi achada usando-se os dados do europeu Low-Frequency Array (LOFAR). Os resultados, publicados no início deste mês no periódico The Astrophysical Journal Letters, foram confirmados posteriormente pelo Observatório Internacional Gemini e pelo NASA InfraRed Telescope Facility, ambos no Havaí.

Leia mais…

You may have missed

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
11993455895