27 de fevereiro de 2021

Dá para investir em empresas de tecnologia e games com apenas R$ 1

Cercado de soluções "quadradas e distantes", o mercado de investimentos conta com uma plataforma que conduz as pessoas em uma jornada guiada por um "mentor automatizado" desde 2014, proposta da Warren, que busca agora estabelecer sua presença no mercad...

Cercado de soluções “quadradas e distantes”, o mercado de investimentos conta com uma plataforma que conduz as pessoas em uma jornada guiada por um “mentor automatizado” desde 2014, proposta da Warren, que busca agora estabelecer sua presença no mercado brasileiro. A corretora agora lançou fundos direcionados a empresas de games e tecnologia: o Warren Games e o Warren Tech, ambos com taxa zero de administração e expectativas de captarem de R$ 50 a 100 milhões em seis meses.

Thomaz Fortes, CIO da companhia, aponta quais são os empecilhos encontrados em abordagens tradicionais: “Para o investidor em geral, não é tão fácil alocar 100% em um fundo no exterior. Para comprar sozinho, você vai ter um certo trabalho, certo atrito. Tem que mandar dinheiro pra fora, tem que pagar custos de câmbio, tem que ter um broker lá fora e selecionar os ativos para comprar. E, por meio do nosso veículo, esse processo se torna mais fácil.”

Leia mais…

Cercado de soluções "quadradas e distantes", o mercado de investimentos conta com uma plataforma que conduz as pessoas em uma jornada guiada por um "mentor automatizado" desde 2014, proposta da Warren, que busca agora estabelecer sua presença no mercad...

Cercado de soluções “quadradas e distantes”, o mercado de investimentos conta com uma plataforma que conduz as pessoas em uma jornada guiada por um “mentor automatizado” desde 2014, proposta da Warren, que busca agora estabelecer sua presença no mercado brasileiro. A corretora agora lançou fundos direcionados a empresas de games e tecnologia: o Warren Games e o Warren Tech, ambos com taxa zero de administração e expectativas de captarem de R$ 50 a 100 milhões em seis meses.

Thomaz Fortes, CIO da companhia, aponta quais são os empecilhos encontrados em abordagens tradicionais: “Para o investidor em geral, não é tão fácil alocar 100% em um fundo no exterior. Para comprar sozinho, você vai ter um certo trabalho, certo atrito. Tem que mandar dinheiro pra fora, tem que pagar custos de câmbio, tem que ter um broker lá fora e selecionar os ativos para comprar. E, por meio do nosso veículo, esse processo se torna mais fácil.”

Leia mais…

You may have missed

Cresta WhatsApp Chat
Send via WhatsApp
11993455895